Associação Brasileira de Horticultura | Terça-feira, 16 de Janeiro de 2018  
 
 
 
 



AVALIAÇÃO DA INFLUÊNCIA DE COBERTURAS MORTAS SOBRE O DESENVOLVIMENTO DA CULTURA DA ALFACE NA REGIÃO DE FERNANDÓPOLIS-SP.
Autor: Roberto Andreani Junior1 Pedro Galbiati Neto1 UNICASTELO-Faculdade de Ciências Agrárias.Fernandópolis-SP - Cx postal 231-Cep: 15.600-000
Tipo: Trabalho
RESUMO
Foram testados sete tipos de cobertura do solo sobre a produtividade da alface cultivar Hanson na região de Fernandópolis no Noroeste paulista. Os tratamentos constaram de terra nua sem capina, uso de grama, uso de uma leguminosa; uso de serragem, uso de palha de arroz; uso de palha de café; uso de bagaço de cana -de-açucar; uso de plástico preto; uso de plástico transparente e uso de terra nua sem capina com a flora infestante crescendo sem nenhum tipo de controle. Avaliou-se, o peso da matéria fresca e o número de folhas onde se encontrou que os melhores resultados foram obtidos com o bagaço de cana e com a palha de arroz, enquanto que as piores produções foram obtidas com os tratamentos com o plastico preto e com a terra nua sem capina.

   Veja o resumo expandido

Download do arquivo olfg4162C.pdf
   Download


Voltar para a página anterior
Associação Brasileira de Horticultura 1999-2012. Todos os direitos reservados.