Associação Brasileira de Horticultura | Terça-feira, 16 de Janeiro de 2018  
 
 
 
 



EFEITOS DO TIPO DE COBERTURA E MATERIAL DE SUPORTE NO CRESCIMENTO E PRODUÇÃO DE ALFACE EM CULTIVO PROTEGIDO E HIDROPONIA.
Autor: Francisco José Alves Fernandes Távora1; Pedro Renato Aguiar de Melo1. Universidade Federal do Ceará, Departamento de Fitotecnia, Fortaleza, Ceará, C. postal 12168. CEP 60455740.
Tipo: Trabalho
A hidroponia é utilizada por produtores de centros urbanos na produção em escala comercial de hortaliças folhosas em geral. Com o objetivo de se determinar técnicas mais eficazes e adequadas às condições locais procedeu-se um estudo comparativo com a cultivar Verônica de alface em sistema hidropônico com a técnica do filme de nutriente (NFT), tendo como suporte para as plantas uma manta aluminisada de espuma de polietileno de baixa densidade (EPBD) e placas de isopor com 15,0 mm de espessura. Como cobertura foram utilizados o filme de polietileno transparente de 150mm, sombrite monofio de 50% de transparência e a céu aberto, durante o período de fevereiro a abril de 2.002, em Juazeiro do Norte, Ceará. O delineamento experimental foi o de parcelas subdivididas, com 6 tratamentos e 6 repetições. Determinou-se o peso de matéria fresca e seca total da parte aérea, o número de folhas e a taxa de crescimento relativo. Concluiu-se que os suportes das plantas com isopor e manta laminada não influenciaram no crescimento e produção das plantas. Os tratamentos com cobertura plástica transparente e a pleno sol apresentaram os melhores resultados de crescimento e produção das plantas.

   Veja o resumo expandido

Download do arquivo 44_708.pdf
   Download


Voltar para a página anterior
Associação Brasileira de Horticultura 1999-2012. Todos os direitos reservados.