Associação Brasileira de Horticultura | Terça-feira, 16 de Janeiro de 2018  
 
 
 
 



UTILIZAÇÃO DE COMPOSTO DE CROTALÁRIA NA ADUBAÇÃO DE COBERTURA DE TOMATEIRO CULTIVADO EM AMBIENTE PROTEGIDO, EM SISTEMA ORGÂNICO.
Autor: Marco Antonio de Almeida Leal1; Maria Luiza de Araújo1. 1PESAGRO RIO. EEI. Rod. Rio–São Paulo, km 47. CEP: 23.851-970, Seropédica - RJ.
Tipo: Trabalho
Além do alto custo, é crescente a dificuldade de se obter estercos bovino e de aviário isentos de contaminantes proibidos para o cultivo orgânico. Visando obter uma alternativa à cama de aviário, este trabalho avaliou a utilização de composto de Crotalaria juncea na adubação de cobertura de tomateiro. Foram testados quatro tratamentos: T1- 200 g de cama de aviário no início da floração + 100 g de cama de aviário 30 dias após o início da floração; T2- 200 g de composto no início da floração + 100 g de composto 30 dias após o início da floração; T3- 200 g de composto no transplante + 100 g de composto 30 dias após o início da floração; T4- 400 g de composto no transplante + 200 g de composto 30 dias após o início da floração. Não foram observadas diferenças significativas para produção total por planta, produção de frutos Extras (maiores que 100 g) por planta e massa fresca média dos frutos. Os resultados obtidos mostram que o composto de crotalária pode substituir a cama de aviário na adubação de cobertura de tomateiro cultivado em ambiente protegido, em sistema orgânico. O composto pode ser usado na mesma quantidade e na mesma época de aplicação que a cama de aviário.

   Veja o resumo expandido

Download do arquivo 44_709.pdf
   Download


Voltar para a página anterior
Associação Brasileira de Horticultura 1999-2012. Todos os direitos reservados.