Associação Brasileira de Horticultura | Terça-feira, 16 de Janeiro de 2018  
 
 
 
 



AVALIAÇÃO DE CULTIVARES DE ALFACE AMERICANA EM DIFERENTES TIPOS DE COBERTURA DO SOLO.
Autor: Luis Eduardo Junqueira Maluf²; Nuno Rodrigo Madeira¹; Felipe Almeida Biguzzi²; Leandro Dariolli²; Fernando Henrique Vieira Santos²; Luiz Antonio Augusto Gomes². 1Embrapa Hortaliças, C.P. 218, 70359-970, Brasília - DF - Brasil. 2UFLA – Universidade Federal de Lavras – Departamento de Agricultura. Lavras – MG.
Tipo: Trabalho
O presente trabalho teve por objetivo avaliar cinco cultivares de alface, cultivadas sob três diferentes tipos de cobertura do solo. Utilizou-se cobertura com plástico preto, cobertura com palhada de aveia dessecada (sistema de plantio direto) e solo sem cobertura. O experimento foi conduzido no delineamento de blocos casualizados, em parcelas subdivididas, avaliando-se a característica de massa fresca de cabeças da alface (MFCab), obtida em gramas. Houve diferença significativa tanto entre os sistemas de plantio, como entre as cultivares utilizadas, não havendo no entanto interação significativa entre os dois fatores. No presente trabalho, o sistema de plantio direto utilizando a palhada de aveia como cobertura, foi o que permitiu a produção de maior massa fresca, alcançando 540,06 g.cabeça-1 Com relação às cultivares avaliadas, a cultivar Madona foi a que obteve melhor desempenho, atingindo 528,82 gramas de massa fresca de cabeça.

   Veja o resumo expandido

Download do arquivo 44_714.pdf
   Download


Voltar para a página anterior
Associação Brasileira de Horticultura 1999-2012. Todos os direitos reservados.