Associação Brasileira de Horticultura | Terça-feira, 16 de Janeiro de 2018  
 
 
 
 



QUALIDADE FISIOLÓGICA DE SEMENTES DE FEIJÃO CAUPI, EM FUNÇÃO DE DOSES DE NITROGÊNIO.
Autor: Oscar J. Smiderle1; Darcilene P. da Silva2; Dalton R. Schwengber1. 1. Embrapa Roraima, C.Postal 133, 69.301-970.Boa Vista-RR. 2. UFRR –Centro de Ciencias Agrárias. Boa Vista – RR.
Tipo: Trabalho
Este trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar doses de nitrogênio sobre a qualidade fisiológica de sementes de feijão-caupi, cultivar BRS Mazagão. Para tanto, foi conduzido um experimento na Fazenda Jabuti, Roraima, em março/2003. Para a produção de sementes foi conduzido um experimento em campo em delineamento de blocos casualizados, com quatro tratamentos constituídos de quatro doses de nitrogênio (0; 20; 40; e 60 kg/ha) aplicadas em cobertura, com quatro repetições. Para avaliar a qualidade fisiológica das sementes foi conduzido um experimento em laboratório com delineamento inteiramente casualizado, com quatro repetições de 50 sementes cada. A germinação das sementes não aumentou em função da elevação das doses de nitrogênio aplicadas ao solo, apresentando média de 91%. O nitrogênio aplicado ao solo proporcionou a produção de sementes mais vigorosas, ocorrendo aumento linear da emergência das sementes em campo com elevação de suas doses, passando a emergência média de 88% para 94%.

   Veja o resumo expandido

Download do arquivo 44_719.pdf
   Download


Voltar para a página anterior
Associação Brasileira de Horticultura 1999-2012. Todos os direitos reservados.