Associação Brasileira de Horticultura | Terça-feira, 16 de Janeiro de 2018  
 
 
 
 



ESPAÇAMENTO PARA QUIABEIRO CULTIVAR SANTA CRUZ 47
Autor: Esi Batista de Moraes Junior; Shizuo Seno; Alexsander Seleguini
Tipo: Trabalho
O objetivo deste estudo foi avaliar o comportamento da cultura do quiabo, em função de diferentes espaçamentos na região de Ilha Solteira, SP. Os espaçamentos testados foram: 60, 80, 100, 120 e 140cm entre fileiras por 50cm entre plantas. Adotou-se o delineamento em blocos ao acaso com quatro repetições. Avaliou-se o crescimento de plantas (altura e ramificação), alem de características agronômicas (massa e número de frutos por planta e área). De um modo geral, a redução no espaçamento entre fileiras (aumento da densidade populacional) reduziu o número de ramos emitidos, a produção e o número de frutos por planta; não alterou a massa média do fruto, entretanto, aumentou a produtividade e o número de frutos por hectare.

   Veja o resumo expandido

Download do arquivo 45_0572.pdf
   Download


Voltar para a página anterior
Associação Brasileira de Horticultura 1999-2012. Todos os direitos reservados.