Associação Brasileira de Horticultura | Terça-feira, 16 de Janeiro de 2018  
 
 
 
 



AVALIAÇÃO DE CULTIVARES DE ALFACE QUANTO A RESISTÊNCIA À SEPTORIOSE NAS CONDIÇÕES DE UBERLÂNDIA MG
Autor: Cristina S. Sousa; Warwick Estevam Kerr; Lenita L. Haber; Renato G. Dias; Francisco R. Silva; Armando Takatsu
Tipo: Trabalho
O objetivo deste experimento foi comparar os níveis de resistência à septoriose de cultivares de alface nas condições de Uberlândia MG. Foram avaliadas 9 ultivares (Vitóriade- Santo-Antão, Uberlândia 10.000, Maioba, Elba, Aurélia, Black Seeded Simpson, Gram Rapids, Salad Bowl-Mimosa e Babá de Verão). O delineamento experimental utilizado foi o de blocos casualizados, com três repetições. A inoculação foi realizada 13 dias após o transplante das mudas para o canteiro. As avaliações foram feitas pelo nível de severidade aos 11, 13, 19 e 23 dias após a inoculação, utilizando-se uma escala de notas de 1 a 4 em função do grau de severidade visual das folhas, sendo 1: 1 a 25% da folha com sintoma, nota 2: 26 a 50%, nota 3: 51 a 75%, nota 4: 76 a 100%). A cultivar Maioba apresentou-se como a mais susceptível enquanto a cultivar Vitória-de-Santo-Antão com a mais tolerante.

   Veja o resumo expandido

Download do arquivo 42_042.pdf
   Download


Voltar para a página anterior
Associação Brasileira de Horticultura 1999-2012. Todos os direitos reservados.