Associação Brasileira de Horticultura | Terça-feira, 16 de Janeiro de 2018  
 
 
 
 



Categoria:
ABH INFORMA » Projeto Seleciona Espécies Nativas com Potencial Econômico em Todo o País

Durante dois anos, agrônomos e biólogos apoiados pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA) percorreram as cinco regiões do Brasil em busca de espécies nativas com potencial nutritivo e econômico. As "garimpadas" por mais de 500 pesquisadores para montar o projeto Plantas do Futuro. O governo destinou ao projeto R$ 1, 5 milhão.

Segundo o coordenador da área de Recursos Genéticos da Secretaria de Biodiversidade e Florestas do MMA, Lídio Coradin, o objetivo do estudo é fazer com que a biodiversidade brasileira, que é muito vasta, seja melhor explorada. A fauna e flora do país representam de 15% a 20% de toda a biodiversidade mundial.

"A nossa diversidade vegetal é pouco conhecida, explorada e manipulada. Não há conhecimento da população para que as espécies nativas sejam aproveitadas na pirâmide alimentar", afirmou Coradin.

As espécies foram divididas em 12 grupos de uso (decorativas, alimentícias, aromáticas e medicinais, entre outras) e por região. De acordo com Coradin, a intenção é fazer com que o país tenha informações sobre os costumes regionais. "Com potencial medicinal, foram priorizadas 99 espécies", disse ele, adiantando que ainda será feito um levantamento dessas plantas para que a população possa usá-las corretamente.

Coradin informou que o projeto Plantas do Futuro deve ser apresentado a empresários do setor agrícola nos próximos meses em busca de apoio para a iniciativa. Está previsto para o segundo semestre deste ano o lançamento de cinco publicações sobre os benefícios das plantas, cada uma representando uma região do país. Os exemplares serão distribuídos gratuitamente.

Data de Publicação: 15/03/2007   Fonte: Bárbara Lobato - Da Agência Brasil

Indique para um amigo  Imprimir  Enviar comentário 

Voltar para a página anterior
Associação Brasileira de Horticultura 1999-2012. Todos os direitos reservados.