Associação Brasileira de Horticultura | Quarta-feira, 17 de Janeiro de 2018  
 
 
 
 



Categoria:
ABH INFORMA » Pesquisador Celso Moretti Toma Posse na Embrapa Hortaliças

  
  
Numa cerimônia bastante concorrida, o pesquisador Celso Moretti foi empossado no cargo de chefe-geral da Embrapa Hortaliças (Brasília-DF), nesta quinta-feira (04). Conquistas e desafios foram a tônica do seu discurso de posse, onde ele traçou uma panorâmica do trabalho desenvolvido pela Unidade e acentuou os frutos das pesquisas que vêm fazendo a diferença na vida de muitos brasileiros.

Agricultores familiares de cidades como Antônio Prado, no Rio Grande do Sul, São Gotardo e Contagem, em Minas Gerais, Canindé de São Francisco, em Sergipe; Cristópolis, Boninal, Novo Horizonte, Oliveira dos Brejinhos e Mirangaba, na Bahia; Iranduba, Amazonas, assistidos pela Embrapa Hortaliças, foram citados como exemplos. Esses trabalhadores aprenderam técnicas de produção de sementes e de cultivo de hortaliças, e hoje sobrevivem economicamente da venda de seus produtos.

Esses conhecimentos estão sendo repassados também para os haitianos e a nativos de alguns países da África, incluídos na agenda além-fronteiras da Embrapa Hortaliças. "Nossos pesquisadores e analistas têm atuado como verdadeiros 'embaixadores' brasileiros, levando tecnologia e esperança para esses irmãos caribenhos e africanos", afirmou Celso, que lembrou a importância das parcerias nesse trabalho. Emater-DF, os ministérios das Relações Exteriores, do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, do Desenvolvimento Agrário e da Ciência e Tecnologia têm sido parceiros constantes nos projetos empreendidos pela Unidade.

Moretti também destacou a "mão dupla de cooperação internacional" com a Agência Japonesa de Cooperação Internacional (Jica). A parceria com a agência vem possibilitando a realização, desde 1995, do Curso Internacional de Produção de Hortaliças, com o objetivo de capacitar técnicos de países africanos de língua portuguesa e de países latino-americanos.

Pré-sal
Em seu pronunciamento, o chefe da Unidade recorreu a uma analogia com o petróleo descoberto em águas profundas, abaixo de uma extensa e profunda camada de sal, para ressaltar o retorno que a Embrapa tem oferecido aos investimentos e às expectativas da sociedade.

Segundo ele, a empresa opera um "pré-sal", não o oceânico, para 2014, mas do passado, presente e futuro. "Nosso pré-sal ocorre nos campos de trigo, soja, arroz, feijão, na bovinocultura de leite e de corte e na produção de hortaliças. O pré-sal da Embrapa tem trazido 14 reais de retorno para a sociedade brasileira para cada real investido. Só no ano passado, o retorno foi de aproximadamente 14 bilhões de reais", enfatizou.

Emocionado, Moretti finalizou o seu discurso com palavras de agradecimentos aos familiares, pelo apoio e pela transmissão de valores éticos e morais recebidos, à chefia que o precedeu, pelo profissionalismo, maturidade, responsabilidade demonstrados durante o processo de escolha do cargo e no período de transição, e aos que vieram antes e "materializaram um sonho", representado pelo papel que a Unidade ocupa hoje no cenário nacional e internacional de pesquisa, desenvolvimento e inovação em hortaliças.

Junto com Celso Moretti, foram empossados os chefes adjuntos de Pesquisa e Desenvolvimento, Jairo Vidal Vieira; de Administração, Domingos Alfredo de Oliveira; e de Comunicação, Negócios e Apoio, Warley Marcos Nascimento.

Destaques
Além do novo chefe, fizeram parte da Mesa o chefe de Pesquisa e Desenvolvimento da antiga gestão, Carlos Alberto Lopes, os presidentes da Embrapa, Silvio Crestana e da Emater-DF, Carlos Magno; o deputado federal Rodrigo Rollemberg (PSB-DF) e o secretário de Ciência e Tecnologia para Inclusão Social do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT), Joe Valle.

Abaixo, resumos das mensagens proferidas por essas personalidades durante o evento:

Sílvio Crestana
“A eficiência resulta da ligação do saber popular com o saber dos doutores e estamos fazendo isso na Embrapa. As oportunidades existem e cabe a nós aproveitá-las, pois o único lugar em que o sucesso vem antes do trabalho é no dicionário.”


Carlos Alberto Lopes
“Uns entram e outros saem de cena. Quero deixar claro orgulho de contar com todos os membros da Unidade durante período em que fui chefe adjunto, e acredito que todos fizeram o melhor possível. Sai um maestro e entra outro, mas o que verdadeiramente faz a orquestra são os músicos.”

Carlos Magno
“A integração entre a Emater/DF e a Embrapa Hortaliças, a partir de um trabalho conjunto de transferência das tecnologias geradas pela Unidade, tem possibilitado o desenvolvimento econômico da região. A importância dessa parceria pode ser medida pelos avanços na produção agrícola do Distrito Federal, responsável hoje pela geração de 32 mil empregos diretos. Além dos projetos que já estão dando frutos, dois grandes programas de incentivo ao consumo de hortaliças e frutas estão sendo articulados: Programa da Comida Colorida e o Programa do Alimento Seguro. A comunhão de forças entre as duas instituições garante desde já o sucesso dessas iniciativas.”

Joe Valle
“Estamos vivendo um momento especial no Brasil na área de ciência e tecnologia, tendo em vista os recursos que estão sendo direcionados para o setor. A Embrapa tem sido uma grande parceira dentro do conjunto de medidas orquestradas pela Secretaria de Ciência e Tecnologia e essa parceria vai crescer ainda mais com a instalação da Escola Técnica Federal de Agroecologia. E vale a pena destacar que a Embrapa Hortaliças é protagonista nesse processo que visa formar capital humano para fazer frente aos desafios de produzir alimentos mantendo o equilíbrio ambiental.”

Rodrigo Rollemberg
“Pela relação estreita que tenho com a empresa, já sou considerado um embrapiano. O Brasil ocupa uma posição estratégica nas questões da água, dos alimentos e da agroenergia, e a agricultura tem uma contribuição fantástica a dar. E nesse contexto, a Embrapa Hortaliças exerce um papel fundamental, já que os resultados de suas pesquisas atuam diretamente na melhoria da dieta dos brasileiros, que passam a contar com maiores e melhores variedades de hortaliças. Quando consigo colocar recursos na Embrapa, me sinto um bom brasileiro.”


Redação: Anelise Macedo - MTb 2749/DF
Assessoria de imprensa - Embrapa Hortaliças

Data de Publicação: 23/09/2008   Fonte: Embrapa Hortaliças

Indique para um amigo  Imprimir  Enviar comentário 

Voltar para a página anterior
Associação Brasileira de Horticultura 1999-2012. Todos os direitos reservados.