Associação Brasileira de Horticultura | Terça-feira, 16 de Janeiro de 2018  
 
 
 
 



ECONOMIA » Tomate Rasteiro tem Aumento de Cerca de 120% em Rio Preto

A tradicional salada de alface com tomate chega à mesa dos rio-pretenses com significativo aumento de preços. Pesquisa da Ceasa mostra que o produto que mais encareceu desde setembro foi o tomate rasteiro. O reajuste foi de 117,4%.

A alface americana foi o segundo produto com maior aumento, com 84,6% e o tomate salada, sofreu reajuste de 71,9%, no período.

Dos 31 produtos pesquisados pela Ceasa (Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo) de Rio Preto, 18 tiveram aumento, oito redução e cinco mantiveram os preços.

Segundo o gerente da Ceasa, Lupércio Fontana, as altas temperaturas influenciam sobre os aumentos dos preços do tomates e da alface. “O calor só permite produção em estufa”, diz.

Fontana afirma que a tendência é que os preços continuem a subir.

“Dezembro e janeiro são os períodos de maior dificuldade de produção”, diz.

As quedas de preços mais significativas foram da manga tommy (-68%) e do limão taiti (-64,5%).

O chuchu também ficou 37,5% mais barato para o consumidor.

Data de Publicação: 19/11/2006   Fonte: Bom Dia Rio Preto

Indique para um amigo  Imprimir  Enviar comentário 

Voltar para a página anterior
Associação Brasileira de Horticultura 1999-2012. Todos os direitos reservados.